Educação

Sem abraços ou chapéus ao ar, formandos da UFRJ colam grau em cerimônias virtuais

  • Compartilhar
  • Compartilhar
  • Compartilhar

Á VENDA: Este portal de notícias pode ser seu. Entre em contato

A graduação em meio ao cenário de pandemia ganhou um novo formato. Para não adiar o sonho do diploma, a Escola Politécnica da UFRJ decidiu realizar quatro cerimônias virtuais de colação de grau ao longo deste mês. A primeira aconteceu na noite dessa quarta-feira (20), quando 57 estudantes se formaram. Ao todo, 193 formandos de 13 cursos de engenharia participam das solenidades, realizadas na internet.

 

O formato por videoconferência foi a forma que a escola encontrou de evitar aglomerações e a disseminação do novo coronavírus, seguindo as orientações da Organização Mundial da Saúde.

 

O roteiro da formatura seguiu o de uma colação de grau presencial, com algumas adaptações impostas pelo novo modelo. Mas cumpriu todas as etapas necessárias, como relata a diretora da Poli-UFRJ, professora Cláudia Morgado.

 

Além dos formandos, familiares e amigos acompanharam a solenidade, que foi transmitida ao vivo pelo canal da escola no Youtube.

 

Entre os recém-formados está Gabriela Leal, de 24 anos. Após seis anos de curso, ela agora está oficialmente graduada em Engenharia Ambiental. Acompanhada dos pais, Gabriela participou da cerimônia online. Ela conta que mesmo sem os abraços dos colegas, o momento foi de muita emoção.

 

Para a diretora Cláudia Morgado, o encerramento dessa etapa representa mais do que uma mera formalidade acadêmica. Ela conta que tentou fazer o mais próximo possível da cerimônia que acontece no auditório.

 

Outras três cerimônias virtuais de colação de grau estão previstas para os dias 22, 27 e 29 de maio. Os recém-formados receberão os diplomas em casa. E para aqueles que quiserem recordar o momento, as formaturas ficarão disponíveis para acesso no Youtube.