Saúde

Rio terá nova campanha de vacinação contra sarampo

  • Compartilhar
  • Compartilhar
  • Compartilhar

Á VENDA: Este portal de notícias pode ser seu. Entre em contato

Postos de saúde do Rio de Janeiro iniciaram nova campanha de vacinação contra o sarampo. A meta é imunizar 3 milhões de pessoas, em todo o estado, até o dia 13 de março. A mobilização tem como público-alvo desde crianças de 6 meses até adultos de 49 anos, que devem procurar uma unidade básica de saúde para tomar a vacina.

 

É recomendado levar a caderneta de vacinação na ida ao posto.

 

O motivo da ação, segundo o secretário estadual de Saúde, Edimar Santos, é que foi detectada uma baixa cobertura vacinal relacionada à segunda dose, necessária para a completa eficiência da vacina.

 

O secretário adiantou que estão previstos dois dias de mobilização mais intensa: em 1º de fevereiro e 7 de março, para garantir a meta.

 

O esquema vacinal contra o sarampo está disponível na rede pública de saúde, em todos os municípios do estado. De acordo com especialistas, a vacina é a única forma de prevenir a doença, que neste ano deve afetar mais de 10 mil pessoas no Rio de Janeiro.

 

Em 2016, o sarampo estava erradicado no Brasil, mas o aumento no número de casos nos últimos anos acendeu o alerta. Para o secretário Edmar Santos, o movimento antivacina, propagado em redes sociais, foi um dos fatores que ajudaram a volta recente da doença.

 

O sarampo é uma doença contagiosa, transmitida pela fala, tosse e espirro. Os sintomas são mal-estar, febre, manchas vermelhas pelo corpo, tosse, coriza e conjuntivite.

 

Pessoas com suspeita de sarampo ou que estejam com o sistema de defesa contra infecção comprometido, gestantes e crianças menores de 6 meses não devem receber a vacina. Alérgicos às proteínas do leite de vaca devem informar a condição ao profissional de saúde, no posto de vacinação, para que recebam a dose feita sem esse componente.