Primeiro álbum dos Raimundos é editado em LP com status de ter apontado tendência do rock brasileiro nos anos 1990
Blog do Mauro Ferreira

Primeiro álbum dos Raimundos é editado em LP com status de ter apontado tendência do rock brasileiro nos anos 1990

  • Compartilhar
  • Compartilhar
  • Compartilhar

Quer receber notíticas em tempo real? Curta o Notícia Plus

Em 1994, ano em que o grupo brasiliense Raimundos lançou o primeiro álbum, era naturalmente difícil prever a importância que o disco alcançaria com o passar dos anos.

Em 2019, decorridos 25 anos da edição do álbum Raimundos, é fácil sentenciar que trata-se de um dos discos mais influentes e definidores da estética do rock brasileiro da década de 1990.

É com esse status que o álbum – produzido pelo antenado Carlos Eduardo Miranda (1962 – 2018) para a Banguela Records sob a direção artística dos Titãs, criadores do selo – ganha reedição em LP, neste mês de setembro, dentro da série Clássicos em vinil.

Na época do lançamento da edição original do álbum Raimundos, o grupo carioca O Rappa também apresentava o primeiro álbum e, tal como os Raimundos, ajudou a criar uma identidade para o rock brasileiro dos anos 1990.

Se O Rappa misturou rock com reggae, rap e funk em explosivo coquetel de cunho social, os Raimundos investiram, com energia adolescente, na mistura de ritmos brasileiros (em especial,. os nordestinos) com hardcore, grunge, funk metal e skate punk, dando a pista de uma das tendências que seriam seguidas pelo rock nativo naquela década.

O disco foi gravado pelos Raimundos com a formação clássica da banda, integrada originalmente por Rodolfo Abrantes (voz e letras) com Digão (guitarra e vocais), Canisso (baixo) e Fred (bateria). Juntos, os músicos fizeram músicas como Puteiro em João Pessoa e Selim (esta composta com a adesão de Cristiano Telles).

Com a participação de João Gordo na faixa MM's e de integrantes dos Titãs em várias músicas, o álbum Raimundos é de fato um clássico que volta às lojas em vinil.