Saúde

PF apura fraudes na Prefeitura de Nova Friburgo; remédios seriam superfaturados

  • Compartilhar
  • Compartilhar
  • Compartilhar

Á VENDA: Este portal de notícias pode ser seu. Entre em contato

A Polícia Federal (PF) cumpriu seis mandados de busca e apreensão em diversas cidades do Rio de Janeiro, no âmbito de uma operação que investiga fraudes na Prefeitura de Nova Friburgo.


De acordo com a investigação do Ministério Público Federal (MPF), o grupo-alvo estava envolvido em fraudes na compra de medicamentos feita pela prefeitura. O prejuízo estimado aos cofres públicos é de R$ 600 mil.


Ainda de acordo com a investigação, as fraudes vinham sendo cometidas desde 2017 e os desvios se deram quando a prefeitura deixou de fazer uma licitação para adquirir os medicamentos e aderiu a uma ata de preços superfaturada.


já a prefeitura de Nova Friburgo informou que a troca foi feita para adquirir apenas uma parte dos medicamentos, porque eles já estavam em falta no almoxarifado, já que o processo licitatório estava se alongando por mais de um ano.


O Executivo Municipal informa, ainda, que não houve desvio e sim economia de quase R$ 300 mil, pois mais de 100 medicamentos foram comprados por um valor menor com a ata, do que o preço estabelecido pelo edital de licitação.