Justiça

MPF quer suspensa aproximação com povo indígena isolado Yanomami, em Roraima

  • Compartilhar
  • Compartilhar
  • Compartilhar

Á VENDA: Este portal de notícias pode ser seu. Entre em contato

As ações de aproximação da comunidade isolada Moxihatëtëa, no interior da Terra Indígena Yanomami, em Roraima, previstas para abril, podem não acontecer.

 

Isso porque o Ministério Público Federal expediu recomendação para suspensão imediata do plano de aproximação desse povo.

 

Segundo o órgão, o objetivo é garantir a segurança e o direito dos povos indígenas em isolamento voluntário de viver livremente e de acordo com suas culturas.



O Distrito Sanitário Especial Indígena Yanomami e o Conselho Distrital de Saúde Indígena que estavam preparando as ações de contato com os índios têm prazo de cinco dias para se manifestarem com informações descrevendo as medidas a serem adotadas.



O Ministério Público Federal recomendou que as ações junto à comunidade Yanomami isolada somente poderão ocorrer em caso de necessidade extrema e risco real aos povos, com justificativa científica e legal. Ainda que qualquer procedimento seja detalhado, com nomes de agentes públicos envolvidos.