MEC pretende criar projeto de lei para facilitar a captação e a gestão de recursos pelas universidades federais
Educação

MEC pretende criar projeto de lei para facilitar a captação e a gestão de recursos pelas universidades federais

  • Compartilhar
  • Compartilhar
  • Compartilhar

Quer receber notíticas em tempo real? Curta o Notícia Plus

O Ministério da Educação afirmou na tarde desta terça-feira (16), em reunião com reitores das universidades federais, que o programa batizado de Future-se prevê a criação de um projeto de lei com uma série de medidas de eficiência de gestão das instituições de ensino superior, como a implantação de um modelo de organizações sociais (OS) para os serviços já terceirizados de manutenção, limpeza e vigilância, e a criação de um novo fundo para financiar as universidades e institutos.

As medidas, porém, são ainda uma proposta preliminar do governo, a ser apresentada à população em uma consulta pública a partir desta quarta (17), que ficará aberta até 31 de julho.

As informações sobre a apresentação são de docentes presentes na reunião em Brasília, representando universidades federais. Segundo os participantes, todas as universidades receberam convite para participar do encontro, que começou às 16h com a presença de Arnaldo Barbosa de Lima Junior, secretário de Educação Superior (Sesu).

O ministro Abraham Weintraub participou de alguns momentos da reunião, na qual slides foram apresentados aos reitores, pró-reitores e demais representantes.

O G1 procurou o Ministério da Educação no início da noite desta terça para confirmar as informações, mas não recebeu resposta até a publicação desta reportagem.

Segundo as fontes ouvidas pelo G1, a proposta tem como objetivo criar um modelo para aumentar a autonomia financeira das universidades ao longo do tempo.