Conselho Deliberativo discute Botafogo S/A; plano deve ficar pronto até 14 de outubro
botafogo

Conselho Deliberativo discute Botafogo S/A; plano deve ficar pronto até 14 de outubro

  • Compartilhar
  • Compartilhar
  • Compartilhar

Quer receber notíticas em tempo real? Curta o Notícia Plus

O Conselho Deliberativo do Botafogo se reuniu na noite desta terça-feira e a pauta principal foi a transformação do futebol em empresa. Tratado como "Informes do Conselho Diretor acerca do 'Projeto Investidores'", o tema foi abordado por Laércio Paiva, especialista em tecnologia da informação no Banco Votorantim e apresentado como integrador do projeto.

O objetivo, como explicou Laércio, foi compartilhar informações com os conselheiros sobre o andamento do projeto, que foi assumido pelo conselho diretor em agosto passado. Ele destacou as cláusulas de confidencialidade firmadas entre Botafogo e seus parceiros estratégicos e deu uma previsão para a conclusão dessa fase de planejamento, que ele chama de Business Plan.

- A participação dos Moreira Salles se encerrou com a entrega do estudo. Agora cabe a nós criar o motivo (Business Plan) para encantá-los - afirmou Laércio.

"Esperamos que em 14 de outubro a gente possa concluir o plano" (Laércio Paiva).

- Nesse momento, o que estamos fazendo? Pegando o estudo anterior e fazendo toda a análise, todo o detalhamento que precisa ser feito para que se possa criar um objeto de desejo para alguém colocar um centavo dentro do clube. De forma resumida é o posicionamento que eu queria dar. Não há muito segredo. A partir do momento que tivermos alguma novidade, vamos apresentar - disse Laércio, que citou os casos de Juventus e Manchester United.

Luiz Felipe Novis, VP de Finanças do Botafogo, também se pronunciou durante a reunião:

- O Business Plan é exatamente criar uma ideia de mostrar o quanto vale a nossa marca junto com a operação do futebol.

Laércio ainda detalhou o passo a passo do projeto até o momento:

  • Contratação e aprovação para o início dos trabalhos Ernst & Young
  • Mapeamento e definição do integrador do projeto
  • Aprovação do orçamento com o suporte de apoiadores do projeto
  • 23/08: nota oficial sobre o projeto
  • Kickoff do projeto Botafogo S/A
  • Início efetivo dos trabalhos

Durante a reunião, os conselheiros pediram a palavra: André Barros, que já foi candidato a deputado; Cacá Azeredo, ex-vice de futebol; Sérgio Cerqueira e o grande benemérito José Victor.

André fez um discurso de apoio integral ao projeto dos investidores, Cacá questionou a Laércio sobre que projeto integrava. Sérgio disse que é preciso se proteger diante de um projeto com duração de 30 anos. Zé Victor, por sua vez, mostrou-se preocupado com a solvência do Botafogo de olho ainda em 2019.

Todas as participações se deram em tom cordial e contrariaram a expectativa de uma reunião quente na sede de General Severiano.

Foi apenas um bate-papo para deixar os conselheiros deliberativos do clube cientes do processo de implantação da Botafogo S/A. Não houve deliberação. Com o projeto pronto, deverá ser convocada uma reunião extraordinária para votação e, sendo aprovado, a adequação do Estatuto do clube.

Foi formado um grupo de trabalho para se dedicar ao processo e, após o planejamento, terá início o principal desafio, que é a fase de captação de recursos. Ainda não há investidores definidos, mas há possíveis parceiros interessados.

TUA ESTRELA SOLITÁRIA NOS CONDUZ... FAÇA PARTE: CLIQUE AQUI!