Justiça

Advogados são presos no Rio acusados de operar fraudes contra empresas

  • Compartilhar
  • Compartilhar
  • Compartilhar

Á VENDA: Este portal de notícias pode ser seu. Entre em contato

Quatro advogados foram presos acusados de comandar um esquema fraudulento que causou prejuízos milionários a empresas do Rio de Janeiro.

 

De acordo com as investigações da Polícia Civil e do Ministério Público, somente uma empresa de plano de saúde da região serrana do estado foi lesada em mais de R$ 17 milhões.

 

Outras vítimas ainda estão sendo levantadas, mas já se sabe que entre os anos de 2012 e 2017 os integrantes da quadrilha movimentaram cerca de R$ 500 milhões, em contas próprias e de empresas constituídas para lavar o dinheiro do esquema.

 

A denúncia aponta que o grupo oferecia créditos tributários, com valores vantajosos, para que as empresas reduzissem suas dívidas com a Receita Federal.

 

Esses créditos, no entanto, eram fraudulentos, emitidos com documentos falsos e não tinham validade.

 

Outro advogado que também integrava a quadrilha ainda está sendo procurado.

 

A operação também cumpre 20 mandados de busca e apreensão em endereços ligados ao grupo no Rio de Janeiro, em Minas Gerais, na Bahia e no Distrito Federal.

 

Os acusados serão autuados por organização criminosa, estelionato, lavagem de dinheiro e falsidade ideológica e documental.