Xiaomi Mi 9 vs Galaxy S10 Plus: compare especificações e preços
Celular

Xiaomi Mi 9 vs Galaxy S10 Plus: compare especificações e preços

  • Compartilhar
  • Compartilhar
  • Compartilhar

Quer receber notíticas em tempo real? Curta o Notícia Plus

Os celulares Mi 9, da Xiaomi, e o Galaxy S10 Plus, da Samsung, estão entre os principais lançamentos com ficha técnica avançada de 2019. Equipados com processadores potentes, quantidade vasta de câmeras e muita memória RAM, os lançamentos podem ser opção de compra para quem está com viagem marcada para o exterior e quer aproveitar para trocar de smartphone – conduta permitida pela Anatel.

O novo celular da Samsung, lançado nos Estados Unidos nas cores preto, branco, azul, verde, cerâmica preta e cerâmica branca, será anunciado no Brasil em 12 de março, mas o preço permanece um mistério. Já o modelo chinês tem disponibilidade incerta no mercado nacional, apesar do retorno da fabricante em parceria com a DL Eletrônicos. Confira, nas linhas a seguir, as especificações dos telefones.

Tela e design

Os smartphones são praticamente do mesmo tamanho, e trazem telas de dimensões equivalentes, próximo de 6,4 polegadas. O Galaxy S10 Plus, no entanto, supera o telefone chinês quanto à resolução por trazer painel Quad HD+ em vez de Full HD+. Além disso, a tecnologia empregada construção tende a ser superior: o AMOLED Dinâmico promete alcançar níveis bem maiores de brilho sem prejudicar a fidelidade de cores.

No visual, a maior distinção fica por conta da posição da câmera frontal: enquanto o Mi 9 tem sensor fotográfico em um notch em formato de gota d'água, como no Moto G7 Plus, o Galaxy S10 Plus traz câmera de selfie dupla dentro da tela. O display do S10 Plus foi, aliás, o principal destaque nos primeiros testes com o celular realizados pelo TechTudo.

Câmeras

Os dois celulares oferecem câmera tripla para expandir as possibilidades de fotografia e vídeo. O Galaxy S10 Plus traz um sensor principal de 12 MP com lente grande angular, outro de 12 MP com lente teleobjetiva para dar zoom óptico de 2x, e um terceiro com 16 MP de resolução e lente de 123º que captura imagens mais abertas.

Já no Xiaomi Mi 9, o conjunto é encabeçado por um sensor de 48 megapixels para fazer fotos de alta resolução no dia a dia. O restante é bem similar ao proposto pelo S10 Plus: um sensor secundário de 12 MP para zoom e um terceiro de 16 MP que abra o ângulo de visão.

Nas selfies, o celular chinês pode se sair melhor ao contar com câmera de 20 MP. Por outro lado, apesar do sensor principal menor de 10 MP na frente, o Galaxy S10 tem câmera auxiliar de 8 MP que ajuda na produção de fotos com o Modo Retrato.

Processamento

Os lançamentos da Xiaomi e Samsung trazem os processadores mais modernos do mercado e tendem a ter performance equivalente na maioria dos cenários de uso. O chip Snapdragon 855, da Qualcomm, marca presença no Mi 9 e na versão americana do Galaxy S10 Plus. Já no Brasil, o smartphone coreano sairá de fábrica com o Exynos 9820.

Independentemente da escolha, o smartphone terá à disposição um chip de alta eficiência que deve rodar apps e jogos da Google Play Store em um piscar de olhos. Além disso, as plataformas oferecem mais recursos embutidos de inteligência artificial que ajudam a melhorar fotos e recursos de segurança do software.

Memória RAM e armazenamento

Memória RAM não é problema para os smartphones, a depender da edição escolhida. O Galaxy S10 Plus está disponível em duas versões, com memória RAM de 8 GB ou 12 GB. Já o Xiaomi Mi 9 global traz 6 GB, mas conta também com outra versão com 8 GB, ou até 12 GB, no caso do Xiaomi Mi 9 Transparent Edition.

No quesito armazenamento, o Galaxy S10 Plus tem larga vantagem. Enquanto o Mi 9 é vendido com apenas 64 GB ou 128 GB de espaço, o lançamento da Samsung parte de 128 GB e chega a 512 GB ou 1 TB de memória interna, todas expansíveis com microSD de até 512 GB. Vale ressaltar que o celular da Xiaomi não permite o uso de cartões de memória.

Bateria

O Galaxy S10 Plus traz uma grande bateria de 4.100 mAh, superior aos 3.300 mAh do Xiaomi Mi 9. Usuários que optarem pelo celular da Samsung ainda poderão usar o excedente de carga para abastecer outros aparelhos sem ajuda de fios, por meio do recurso Wireless PowerShare. O modelo chinês, por outro lado, conta com carregador rápido de 27 W.

Versão do Android

Os celulares saem de fábrica com Android 9 (Pie), versão mais recente do Android. Mas há diferenças na experiência de uso por conta dos sistemas proprietários desenvolvidos por cada fabricante. O Galaxy S10 Plus roda a OneUI, interface que foca na ergonomia e simplificação de recursos em comparação com edições anteriores. Já o Mi 9 vem com MIUI 10, conhecido pela ampla variedade de funções extras.

Biometria

Leitores de digitais abaixo do display marcam presença nos dois aparelhos, mas há diferença de implementação. O Galaxy S10 traz leitura por meio de ultrassom, tecnologia que, segundo a Samsung, é mais segura e ágil do que sensores que identificam o usuário biometricamente com uso de luminosidade.

Preço e disponibilidade

O Galaxy S10 Plus está à venda no mercado nos EUA por US$ 999,99 (cerca de R$ 3.854 em conversão direta). É praticamente o dobro do preço do Xiaomi Mi 9 – a partir de 449 euros (R$ 1.943) na Espanha –, que, por ora, está disponível na Europa apenas na edição mais simples, com memória RAM de 6 GB e armazenamento de 64 GB ou 128 GB, a depender da variante escolhida.