Últimos 5 anos são os mais quentes da história, diz agência da ONU para o clima
Natureza

Últimos 5 anos são os mais quentes da história, diz agência da ONU para o clima

  • Compartilhar
  • Compartilhar
  • Compartilhar

Quer receber notíticas em tempo real? Curta o Notícia Plus

A temperatura mundial média de 2015 a 2019 caminha para se tornar a maior de qualquer período de cinco anos já registrado na história, afirma a agência da Organização das Nações Unidas (ONU) que se dedica à análise do clima, em um relatório divulgado neste domingo (22). Trata-se da véspera de uma reunião de líderes mundiais sobre o aquecimento global.

"Atualmente, calcula-se que estamos 1,1ºC acima da era pré-industrial (1850-1900) e 0,2ºC acima de 2011-2015", diz o relatório "Unidos na Ciência" da Organização Meteorológica Mundial (OMM).

Segundo o documento, isso representa um aumento expressivo para poucos anos. A elevação das temperaturas, o aumento do nível do mar e a poluição com carbono se aceleraram. Isso quer dizer que, para cumprir as metas assumidas pela comunidade internacional, o aquecimento teria que ser muito contido -- bem mais do que vem sendo feito atualmente.

Os esforços para reduzir as emissões de carbono teriam que ser triplicados para evitar que o mundo se aqueça 2ºC , de acordo com a OMM. Para que não se chegue à marca de 1,5ºC seria preciso ampliar ser ainda mais rigorosos: as iniciativas de redução de emissões teriam que ser ampliadas em cinco vezes.

"Existe um reconhecimento crescente de que os impactos do clima estão nos atingindo de maneira mais forte e mais cedo do que as avaliações climáticas indicavam apenas uma década atrás", diz a página 28 do relatório.