'Trampo': veja como se candidatar para uma vaga de Jovem Aprendiz
São Paulo

'Trampo': veja como se candidatar para uma vaga de Jovem Aprendiz

  • Compartilhar
  • Compartilhar
  • Compartilhar

Quer receber notíticas em tempo real? Curta o Notícia Plus

A Lei da Aprendizagem determina que empresas de médio e grande porte, além de órgãos públicos, tenham entre 5% e 15% do seu quadro de funcionários formado por jovens com idade entre 14 e 24 anos para facilitar a inserção dos jovens no mercado de trabalho.

Esses profissionais podem ter contratos de até dois anos de duração. Durante esse período, a formação profissional deles é realizada por instituições como o Sistema S (Sesi, Senais) e se dá a partir de estudos teóricos e práticos de acordo com as necessidades de cada profissão.

É importante lembrar que os estudos não podem ficar comprometidos. Por isso, para quem ainda frequenta o Ensino Médio a jornada de trabalho é de 4 a 6 horas diárias.

Direitos

O Jovem Aprendiz tem direito a salário e benefícios como vale transporte, vale refeição, 13º salário, FGTS e férias. O último deve casar com o período de férias escolares.

O desafio começa na busca pelas informações das vagas. A procura por emprego é algo muito importante e milhares de pessoas fazem isso pela internet. Com isso, vários sites tentam se aproveitar desse grande fluxo de buscadores - o que pode tornar a tarefa de encontrar as informações corretas na internet estressante.

As redes sociais LinkedIn e Instagram acabam sendo muito eficazes na busca de informações por empresas que estão com vagas abertas. Isso porque ambas têm uma forma de busca menos ampla que a internet em geral.

Veja o passo a passo para encontrar vagas

Pelo LinkedIn

Pelo site ou aplicativo, acesse “trabalho”, em seguida digite “jovem aprendiz” na caixa de busca e, na caixa ao lado, onde está escrito “buscar localização”, inclua o nome da sua cidade.

Pronto! Você verá as opções que as empresas têm cadastradas na ferramenta.

Pelo Instagram

Utilize a #jovemaprendiz e descubra quais empresas tem vagas abertas. Depois vá até o site delas e candidate-se.

Note que algumas empresas utilizam sites profissionais e terceirizados de recrutamento. Portanto, é preciso fazer o cadastro, que normalmente é gratuito por 30 dias, e depois começa a ser cobrado.

É preciso ter cuidado. Existem muitos perfis falsos na internet tentando aplicar golpes em quem está procurando trabalho. O Jovem Aprendiz não precisa pagar por sua formação. Se alguém cobrar algo de você antes, não siga o processo.

Na hora da entrevista, vá além do básico

  • Estar bem vestido, não se atrasar e saber pelo menos o que a empresa faz é o mínimo necessário para estar dentro da expectativa de qualquer recrutador. Mas é possível estar minimamente preparado para ganhar alguns pontos extras na hora do papo. Por isso, conheça algumas características e atitudes interessantes:
  • Ouça tudo com real atenção. Não corte as pessoas que falam com você e faça contato visual de forma natural. Procure também não ficar pensando enquanto o outro está falando para não se perder depois.
  • Demonstre curiosidade. Faça perguntas, não tenha medo de tirar dúvidas.
  • Seja animado. Você não tem experiência, então tem que caprichar na atitude. Fale de modo firme, simpático e não deixe sua postura para baixo.
  • Declare suas expectativas. Deixe claro o que você espera do seu período enquanto aprendiz, do que você gosta e quais são as suas dúvidas sobre o processo.
  • Esteja conectado. Saber mais sobre a empresa, conhecer um pouco dos seus produtos, seus últimos desafios e sua missão pode ser um gancho para boas conversas. Antes da entrevista converse com parentes e amigos para saber o que eles acham da empresa, se conhecem, o que sabem. Procure mais sobre ela na internet e vá preparado.
  • Ainda não sabe como começar a estruturar o seu currículo? Veja o modelo abaixo ou procure na internet sites gratuitos que apresentam desde currículos mais tradicionais até os mais descolados.