Tite escala seleção brasileira com Neymar, Coutinho e Richarlison para amistoso contra o Catar
seleção brasileira

Tite escala seleção brasileira com Neymar, Coutinho e Richarlison para amistoso contra o Catar

  • Compartilhar
  • Compartilhar
  • Compartilhar

Quer receber notíticas em tempo real? Curta o Notícia Plus

A seleção brasileira deverá ter a seguinte escalação no amistoso da próxima quarta-feira, às 21h30, contra o Catar, em Brasília – TV Globo, SporTV e GloboEsporte.com transmitem ao vivo:

Ederson, Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Filipe Luís; Casemiro, Arthur e Coutinho; Neymar, Richarlison e Gabriel Jesus.

+ Fernandinho defende Neymar: "Precisamos de paz"
+ Everton atribui amadurecimento a casamento e filha
+ Paquetá evita comentar sobre caso de Neymar
+ Neymar será intimado e terá celular periciado

Neymar, acusado de estupro e investigado por crime virtual pela exposição de mensagens íntimas no vídeo em que se defendeu da acusação, está mantido na equipe. Durante a semana passada, ele chegou a perder dois treinos por dores no joelho esquerdo. Uma ressonância magnética não indicou lesão grave e ele voltou a treinar sem restrições.

Os treinamentos anteriores de Tite haviam levantado hipótese de mudanças, principalmente no meio-campo, com Paquetá tendo treinado bastante tempo ao lado de Casemiro e Arthur. Na verdade, o treinador quis fazer uma espécie de imersão de conceitos no ex-meia do Flamengo, já que Coutinho tem suas ideias mais bem compreendidas pelo tempo de convivência.

Depois de má temporada no Barcelona, Coutinho, um dos principais jogadores da Seleção ao longo dos quase três anos de trabalho de Tite, terá a chance de começar essa campanha, mas vê sua condição de titular ameaçada.

No ataque, Richarlison e David Neres travam dura batalha por uma vaga. Um dos artilheiros do período pós-Copa do Mundo, com três gols, Richarlison inicia em vantagem, mas a comissão técnica deverá dar chances ao jovem do Ajax, formado no São Paulo, durante os amistosos. Depois de quarta-feira, o Brasil voltará a campo no domingo, diante de Honduras, no Beira-Rio.

A estreia na Copa América está marcada para o dia 14, contra a Bolívia, no Morumbi.