Ryzen 3 2200G vale a pena? Veja ficha técnica e preço do processador AMD
Placas

Ryzen 3 2200G vale a pena? Veja ficha técnica e preço do processador AMD

  • Compartilhar
  • Compartilhar
  • Compartilhar

Quer receber notíticas em tempo real? Curta o Notícia Plus

O Ryzen 3 2200G é uma APU de entrada da AMD que combina um quad-core com uma placa de vídeo integrada com tecnologia Vega. Encontrado com preços na faixa dos R$ 500, o processador acelerado tem um custo-benefício interessante para quem quer montar um PC de boa performance sem gastar muito.

LEIA: Notebook Xiaomi chega poderoso e com preço baixo

O modelo pode até encarar jogos sem uma placa dedicada e se mostra eficiente do ponto de vista térmico, sendo uma das CPUs mais competitivas para quem pretende usar um PC compacto como media center. A seguir, conheça melhor as especificações do processador e saiba o que esperar da performance do modelo.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Especificações

O Ryzen 3 2200G é uma APU da AMD com quatro núcleos de processamento e uma placa gráfica integrada Vega 8 com oito unidades computacionais. Em termos de velocidade, o equipamento trabalha entre 3,5 GHz e 3,7 GHz de clock, com 1.100 MHz no componente gráfico. Essas características colocam o processador em um nível de entrada no mercado: o quad-core vai ser suficiente para a grande maioria dos usuários e não deve comprometer o uso em atividades do cotidiano. A placa integrada, embora esteja distante da performance de uma GPU dedicada, tem mais performance do que as Intel UHD Graphics de processadores mais caros da marca rival.

O quad-core não conta com SMT, o que significa que o processador não oferece linhas de execução extras, algo que tende a beneficiar aplicações mais exigentes, como editores de vídeo. De resto, o Ryzen encaixa no soquete AM4 da AMD e soma 4 MB de cache em nível L3. O limite operacional do processador, em termos de temperatura, chega a 95º e é combatido pelo cooler Wraith Stealth da própria fabricante, vendido em conjunto com a APU.

Desempenho

Com bom custo-benefício, o Ryzen 3 2200G é uma aposta para quem deseja montar um PC gastando menos, mas sem deixar de lado a possibilidade de rodar jogos em resoluções mais baixas, entre o HD (1280 x 720 pixels) até 1600 x 900 pixels. Títulos mais leves podem ser reproduzidos até em Full HD.

Para se ter uma ideia do fôlego do processador, uma análise do site Tom’s Hardware mostra que o Ryzen 3 2200G roda Battlefield 1 em 720p, com configurações gráficas médias, em 70 frames por segundo. Essa performance é confortável mesmo para quem curte o aspecto competitivo do multiplayer. Já em GTA V, usando configurações baixas de qualidade gráfica e resolução em 720p, o Ryzen chega a entregar 103 FPS. Deixando a performance gráfica de lado, o processador não deve comprometer em uso cotidiano para aplicações de produtividade e escritório e navegação na Internet, por exemplo.

Consumo

O processador da AMD alcança uma TDP de 65 Watts. O valor está dentro do normal para chips desse perfil. O valor também indica uma CPU que não deve exigir muito do sistema de refrigeração, algo importante para reduzir a emissão de ruídos e até permitir a instalação do processador em cases mais compactos.

Custo-benefício

A APU da AMD tem uma proposta de oferecer boa performance a um custo baixo e se destaca diante dos rivais da Intel, especialmente, pela oferta de uma GPU integrada, que é mais poderosa do que as UHD Graphics. Se a ideia é jogar gastando menos, ou criar um HTPC, o Ryzen 2200G é um dos melhores processadores do mercado para a tarefa.

Encontrado no mercado nacional com preços a partir de R$ 500, o chip é acessível, mas não é único a encaixar na proposta de baixo custo. Pelo valor médio de R$ 750, o Ryzen 5 2400G, além de ser mais rápido, tem uma GPU Vega mais poderosa para quem deseja alguma margem de manobra em termos gráficos. Outra alternativa a ser considerada é esperar até que os Ryzen 3 3200G e Ryzen 5 3400G cheguem ao Brasil: recém lançadas pela AMD, as novas APUs oferecem arquitetura Zen 2 e processadores gráficos ainda melhores.

Via AMD e Tom's Hardware

AMD ou Intel: qual processador comprar? Comente no Fórum do TechTudo