Cidadania

Pará intensifica fiscalização contra assédio de crianças no Carnaval

  • Compartilhar
  • Compartilhar
  • Compartilhar

Á VENDA: Este portal de notícias pode ser seu. Entre em contato

Em meio à alegria e à diversão, o Carnaval requer mais atenção dos pais e dos responsáveis por crianças e adolescentes. Tudo porque, nesse período, aumentam  as denúncias de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes.

 

No Pará, o crescimento é de 20% nos dias de folia. Por conta disso, o estado intensifica a fiscalização e as ações de orientação para esclarecer sobre importunação e assédio sexual, e prevenção do abuso contra crianças e adolescentes. Além das delegacias especializadas, postos da  Fundação ParáPaz também fazem o acolhimento e a orientação em pontos de grande movimento.

 

Vanessa Moura, gerente do Polo ParáPaz no Terminal Hidroviário de Belém fala sobre o trabalho que é feito no período momesco.

 

A assistente social Mikaele Carneiro cita os casos mais comuns durante o Carnaval.

 

Há várias formas de denunciar abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes. Por telefone, o Disque 100 funciona diariamente, 24 horas por dia, incluindo sábados, domingos e feriados. As ligações podem ser feitas de todo o Brasil por meio de discagem gratuita, de qualquer terminal telefônico fixo ou celular, bastando discar 100.