Papa Francisco dá carona no papamóvel para crianças refugiadas
Mundo

Papa Francisco dá carona no papamóvel para crianças refugiadas

  • Compartilhar
  • Compartilhar
  • Compartilhar

Quer receber notíticas em tempo real? Curta o Notícia Plus

O Papa Francisco levou em seu papamóvel nesta quarta-feira (15) oito crianças refugiadas durante seu tradicional percurso pela Praça São Pedro, antes de uma audiência geral. Elas chegaram à Itália em navio ou através dos corredores humanitários organizados pelas Nações Unidas.

Não é a primeira vez que Francisco convida crianças para que façam com ele esse trajeto. Mas, desta vez, o grupo foi especial, pois era formado por imigrantes sírios, nigerianos e congoleses.

Eles chegaram à Itália no dia 29 de abril, vindos da Líbia, graças à iniciativa corredores humanitários do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR). Esses corredores permitiram a saída de mais de 2,5 mil migrantes vulneráveis da Líbia.

As outras crianças chegaram ao país há alguns meses através de um barco e "foram acolhidas juntamente com suas famílias no centro da associação Mondo Migliore e da cooperativa Auxilium.

O Papa Francisco frequentemente faz críticas às políticas restritivas contra a imigração. Recentemente, ele desaprovou líderes nacionalistas que culpam os imigrantes pelos problemas de seus países e fomentam a desconfiança na sociedade buscando ganho desonesto e promovendo políticas xenófobas e racistas.

Em visita à Bulgária, ele exortou as autoridades búlgaras a "não fechar seus olhos, coração e mãos" aos imigrantes.