Nome de Pedro em lista olímpica atende desejo de Tite; Fluminense ainda estudará pedido de liberação
fluminense

Nome de Pedro em lista olímpica atende desejo de Tite; Fluminense ainda estudará pedido de liberação

  • Compartilhar
  • Compartilhar
  • Compartilhar

Quer receber notíticas em tempo real? Curta o Notícia Plus

Pedro é um dos principais nomes da convocação de André Jardine para a seleção olímpica que disputará o Torneio de Toulon, na França. A presença do atacante de 21 anos do Fluminense na lista atendeu a um desejo de Tite, técnico da seleção principal, que deseja vê-lo em atuação com a amarelinha.

A competição será realizada entre os dias 1º e 15 de junho, com apresentação em 27 de maio. O período abrange cinco jogos importantes do Tricolor. Por isso, a diretoria do clube ficou de se reunir a partir de quinta-feira para analisar se fará um pedido de liberação do jogador à CBF.

Jogos durante o período:

  • 30/5: Atlético Nacional-COL (Sul-Americana)
  • 2/6: Athletico-PR (Brasileirão)
  • 5/6: Cruzeiro (Copa do Brasil)
  • 9/6: Flamengo (Brasileirão)
  • 13/6: Chapecoense (Brasileirão)

Duas dessas partidas decidem o futuro do Flu na Copa do Brasil e na Sul-Americana e rendem boas quantias em dinheiro em caso de classificação. Se avançar para as quartas no torneio nacional, terá direito a um bônus de R$ 3,15 milhões. Uma vaga nas oitavas do torneio continental rende US$ 500 mil (cerca de R$ 2 milhões).

O Fluminense ainda não decidiu se entrará com um pedido de liberação do atacante na CBF. E só tratará do assunto a partir de quinta-feira, em razão do jogo desta quarta, contra o Cruzeiro, pela Copa do Brasil. Pedro está fora da partida em razão de dores na perna esquerda, mas estará presente no Maracanã. O presidente Pedro Abad se reunirá com o vice de futebol, Fabiano Camargo, o diretor executivo de futebol Paulo Angioni, e o técnico Fernando Diniz para analisar o tema.

Uma eventual liberação dependeria de um acordo entre Fluminense e CBF, já que parte do período (6 a 11 de junho) é também data Fifa - quando os clubes são obrigados a ceder seus atletas. A situação, no entanto, é complexa e envolve diversos fatores que precisarão ser colocados na balança, como perda técnica, possível valorização de um ativo do clube, desejo pessoal do jogador, etc. Pedro ficou feliz com a convocação e, pelo apurado pelo GloboEsporte.com, respeitará qualquer que seja a decisão do clube.

A presença de Pedro na lista atendeu a um desejo de Tite, que enxerga o atacante como um nome forte para a seleção brasileira principal. O treinador não o levará para a Copa América em razão do retorno recente de lesão, mas deseja vê-lo em campo com a camisa do Brasil para futuras convocações.

Ao saber da decisão de Jardine, Tite reforçou o desejo de que Pedro atuasse na competição. Vale lembrar que Pedro foi convocado por Tite para amistosos em agosto do ano passado, mas teve de ser cortado em razão da lesão no joelho direito.

A CBF chegou a sondar o Fluminense no início do mês sobre quatro jogadores para a disputa do Torneio de Toulon. Além de Pedro, o zagueiro Nino e os volantes Allan e Caio Henrique estavam sendo monitorados por André Jardine. Na ocasião, o Tricolor argumentou que perder quatro de seus titulares em um período sem paralisação das competições traria grandes prejuízos ao time. Ao fim, a CBF chamou apenas um atleta tricolor. Apenas o Corinthians teve mais de um jogador convocado.

https://www.loja.fluminense.com.br/