MPF denuncia ex-diretor da Dersa Paulo Vieira de Souza por lavagem de dinheiro e pede prisão preventiva
Paraná

MPF denuncia ex-diretor da Dersa Paulo Vieira de Souza por lavagem de dinheiro e pede prisão preventiva

  • Compartilhar
  • Compartilhar
  • Compartilhar

Quer receber notíticas em tempo real? Curta o Notícia Plus

O ex-diretor da Dersa (estatal paulista de rodovias) Paulo Vieira de Souza foi denunciado pelo Ministério Público Federal (MPF) por lavagem de dinheiro referente a um montante de US$ 400 mil.

Os procuradores da força-tarefa da Lava Jato também pediram a prisão preventiva de Paulo Souza.

De acordo com as investigações, em 23 de maio de 2016, o ex-diretor da Dersa transferiu a quantia de sua conta na Suíça, mantida no nome de uma offshore para a conta titularizada por outra, que era mantida em uma instituição financeira sediada em Hong Kong e controlada pelo doleiro Wu-Yu Sheng, que atuava em conjunto com o operador financeiro Rodrigo Tacla Duran.

Esta reportagem está em atualização.