Marcação grotesca, arremesso bizarro e noite de gala de Giannis: o melhor dos playoffs da NBA
nba

Marcação grotesca, arremesso bizarro e noite de gala de Giannis: o melhor dos playoffs da NBA

  • Compartilhar
  • Compartilhar
  • Compartilhar

Quer receber notíticas em tempo real? Curta o Notícia Plus

Quatro partidas movimentaram a noite deste domingo no segundo dia do início das disputas em busca das semis da NBA. E claro, não faltou show e lances plásticos. Teve até espetáculo de piruetas no intervalo do jogo dos Rockets. Esta partida, inclusive, protagonizou uma espécie de marcação sem sentido em James Harden. Como sempre, o Barba brilhou. Outro imparável foi o grego Antetokounmpo, que só parou de fato quando Andre Drummond esqueceu a bola e derrubou o atleta com falta antidesportiva.

+ Classificação completa da temporada
+ Confira a lista de transmissões para o Brasil
+ NBA League Pass: assine e assista onde estiver
+ Veja os produtos oficiais dos times na Loja NBA.com

Como explicar essa marcação? ????‍♂

O que passou na cabeça do espanhol Ricky Rubio? Pela frente, ele tinha ninguém menos que o MVP da última temporada, James Harden. Ele resolveu, então, inovar na hora de marcar o Barba e...

Harden, novamente, foi o grande nome da vitória do Houston Rockets sobre o Utah Jazz. E foi assim que o Barba resolveu comemorar. Veja a dancinha do camisa 13 dos Rockets:

Esse momento descontraído do Barba, porém, não foi a partida inteira. Que tal esse combo aqui? Toco sensacional, semblante sério, trombada do amigo para cumprimentar e sorriso de aprovação de Hakeem Olajuwon da arquibancada.

E ainda teve esse enterrada linda de Daniel House...

O intervalo da partida ainda teve um espetáculo à parte. Uma apresentação curiosa de ginastas no intervalo da partida, com um homem girando uma mulher com os pés de forma cíclica. Assista e entenda:

Veja os melhores momentos da vitória dos Rockets:

Pensou que era o Stephen Curry ????‍♂

Armou, preparou e arremessou... a bola não atingiu nem o aro. Brook Lopez quis ser igual o especialista em cestas de 3 pontos, Stephen Curry. O americano do Milwaukee Bucks, porém, passou essa vergonha aí.

O grego imparável ????

Giannis Antetokounmpo deu show na noite deste domingo. Seu time, o Milwaukee Bucks atropelou o Detroit Piston por 121 a 86. Só o grego anotou 24 pontos. O repertório dele na partida foi vasto. Primeiro, esse salto quase da linha dos três para enterrar a bola. É salto à distância agora?

Já que o assunto é enterrado, toma mais essa do camisa 34 dos Bucks...

... alguém consegue parar o grego? Pega esse drible de corpo e mais dois pontos na conta para os Bucks.

Pode isso? Na tentativa de parar o ímpeto de Antetokounmpo, Andre Drummond resolveu apelar. Na disputa por um rebote no garrafão, o pivô do Pistons esqueceu a jogada e empurrou o grego com força. A atitude antidesportiva rendeu expulsão para o atleta.

Depois da partida, Andre Drummond preferiu não comentar o lance com o grego. Quando questionado sobre o assunto, o pivô apenas pediu por outra pergunta.

Confira os melhores momentos do triunfo dos Bucks:

Fofura na coletiva ????

Um episódio incomum na coletiva de imprensa pós-vitória dos Celtics sobre os Pacers. Marcus Morris resolveu levar o filhão para acompanhá-lo na entrevista. E, claro, o jovem mascote roubou a cena.

Falando da partida em si, vamos começar por esse drible sensacional de Gordon Hayward em McDermott. Vai pra lá que eu vou pra cá, beleza?

Com dois segundos para o fim do terceiro quarto, Terry Rozier teve que arremessar antes que cronômetro zerasse. Advinha o que aconteceu? Bingo! Cesta sensacional e mais três pontos para os Celtics.

E essa parede aí na frente? Wesley Matthews foi tentar se desvencilhar do marcador e esbarrou na marcação. Foi direto à nocaute quando trombou com o gigante Aron Baynes, com 118kg e 2,08m.

Aí não... Bojan Bogdanovic ia passando por Jaylen Brown, que simplesmente esqueceu as regras e a boa conduta e empurrou o adversário em cima de outro companheiro. O ato causou um princípio de confusão na quadra.

Assista os melhores momentos da vitória dos Celtics:

Vai daí?

Nada melhor que inciar um espetáculo com uma grande jogada. Pois bem, Damian Lillard tratou de resolver isso com apenas 20 segundos de jogo. Ele não esperou nem a marcação chegar para arremessar e cravar os primeiros três pontos da partida, com vitória dos Blazers sobre os Thunder.

Cestinha da partida, Lillard estava com a mão calibrada para o arremesso de longa distância. Ainda teve esse outro com essa precisão aí...

Nesta outra jogada, Markieff Morris deixou o irmão de Stephen Curry no chão. O camisa 5 driblou Seth Curry, que escorregou e caiu direto no piso da quadra.

Veja os melhores momentos da vitórias dos Blazers: