Mano comemora quarta vitória pelo Palmeiras, mas diz que erros de passe foram "acima da média"
palmeiras

Mano comemora quarta vitória pelo Palmeiras, mas diz que erros de passe foram "acima da média"

  • Compartilhar
  • Compartilhar
  • Compartilhar

Quer receber notíticas em tempo real? Curta o Notícia Plus

Mano Menezes continua 100% sob o comando do Palmeiras. Neste domingo, ele comandou a equipe na vitória por 1 a 0 diante do Fortaleza, no Castelão. Com quatro vitórias em quatro partidas, o técnico vê a equipe se consolidar na busca pelo título brasileiro.

– Levamos a vitória num jogo de poucas oportunidades. Fazer uma sequência de vitórias nunca é fácil no Brasileiro, é a quarta seguida desde minha chegada, fico feliz. Com essas vitórias penso que podemos seguir buscando melhorar para o time entregar mais – disse o treinador.

O Palmeiras de Mano já venceu Goiás (2 a 1), Fluminense (3 a 0), Cruzeiro (1 a 0) e Fortaleza.

++ Veja a tabela do Brasileirão

O treinador apontou o excesso de erros de passes como um fator a ser atacado por sua comissão técnica nos treinamentos. O Verdão errou 34 dos 289 passes que buscou na partida (11% de erros). A condição do gramado foi, para Mano, uma das razões para isso.

– Sei que antipático falar de gramado no Brasil, mas uma boa parte dos maiores jogadores da América do Sul estiveram aqui (na Copa América) e falaram mal do gramado. É difícil tocar a bola no chão, ela chega na canela, tem que dar dois ou três toques para dominar. Isso facilita a marcação. E um pouco porque erramos acima da média também. A transição defesa-ataque apresentou erros de passe não forçados, o que no nosso nível não é normal. Vamos trabalhar para fazer melhor.

Com a vitória, o Palmeiras se manteve a três pontos do líder Flamengo (45 a 42). A distância para o Santos (terceiro colocado), que era de apenas um ponto, aumentou para quatro nessa rodada.

– Era o primeiro jogo depois que assumimos a vice-liderança novamente, um jogo emblemático. Você avança duas casas e precisa se solidificar, manter a distância em relação ao primeiro e aumentar a distância em relação ao terceiro. São coisas emblemáticas. Assim como a abertura do returno, como se alguma coisa mudasse.

– Sobre a liderança, não vamos criar para nós uma questão desnecessária de ficar pensando no Flamengo. Vamos jogar na nossa característica buscando melhorar sempre, e sabendo que precisamos de resultados como esse de hoje. Mesmo não jogando bem, também vencer. Isso é maturidade – explicou o técnico gaúcho.

O Palmeiras volta a treinar na tarde de segunda-feira, em São Paulo. O próximo compromisso é contra o CSA, quinta-feira, às 19h15 (de Brasília), no Pacaembu.