Saúde

Mandetta diz que orientação de isolamento total está sendo revista

  • Compartilhar
  • Compartilhar
  • Compartilhar

Á VENDA: Este portal de notícias pode ser seu. Entre em contato

Depois do pedido do presidente Jair Bolsonaro, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou que vai analisar a possibilidade de mudança de uma das políticas para o combate ao coronavírus no país.

 

A ideia é analisar se a quarentena total de moradores de várias partes do Brasil é realmente necessária ou se o melhor será o isolamento apenas das pessoas dos grupos de risco para a covid 19, que são idosos e pessoas com doenças crônicas.

 

Na avaliação de Mandetta,o atual modelo pode estar equivocado. Na noite de terça-feira (24), o presidente Jair Bolsonaro afirmou em pronunciamento em Rede Nacional de Rádio e Televisão que autoridades deveriam evitar medidas como a proibição de transportes, o fechamento de comércio e o confinamento em massa.

 

Vários governadores como os de São Paulo, João Dória e do Rio de Janeiro, Wilson Witzel manifestaram que pretendem continuar com o isolamento total. Já o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, que foi o primeiro do Brasil a fechar escolas, faculdades e universidades informou nas redes sociais que Jair Bolsonaro pode ter razão, porque algumas cidades, onde não existe foco do coronavírus estão em quarentena. Ainda acrescentou que a situação deve ser analisada, caso a caso.