Major Olímpio envia ofício a Moro e reclama de secretário nacional da Segurança Pública
Blog do Matheus Leitão

Major Olímpio envia ofício a Moro e reclama de secretário nacional da Segurança Pública

  • Compartilhar
  • Compartilhar
  • Compartilhar

Quer receber notíticas em tempo real? Curta o Notícia Plus

O senador Major Olímpio (PSL-SP) encaminhou ofício ao ministro Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública) nesta terça-feira (14) para reclamar de afirmações que teriam sido feitas pelo Secretário Nacional de Segurança Pública, general Guilherme Teophilo, na última semana.

O documento do líder do PSL no Senado, mesmo partido do presidente Jair Bolsonaro, demonstra mais uma rusga na base do governo no Congresso em um momento em que a gestão tenta melhorar sua articulação política para aprovar pautas importantes como a medida provisória da reforma administrativa e a reforma da previdência.

De acordo com o senador, Guilherme Teophilo teria afirmado durante evento com integrantes da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) que alguns policiais militares, incluindo o próprio Major Olímpio, estariam tentando retirá-lo do cargo para colocar um policial militar no posto.

No documento, Major Olímpio afirma que o secretário asseverou, “de maneira leviana”, que integrantes da Senasp estariam articulando para que o próprio senador assumisse o comando da secretaria e cita que o militar, hoje à frente do órgão, não tem conhecimento da legislação.

“O general parece carecer de um mínimo de conhecimento de Direito Constitucional, pois deveria saber que o parlamentar não pode ser nomeado em cargo de segundo escalão do governo, uma vez que implicaria em renúncia de mandato”, enfatiza Major Olímpio.

O senador chama o episódio de “trapalhada jurídica e política”, afirma que o secretário “carece de qualificação” para exercer o cargo e enfatiza que a afronta “gera constrangimentos políticos no parlamento, num momento que precisamos de unidade no apoio ao Governo Federal”.