Lotus Evija, hiperesportivo elétrico de 2.000 cavalos, é o carro de rua mais potente do mundo
Carros Elétricos e Híbridos

Lotus Evija, hiperesportivo elétrico de 2.000 cavalos, é o carro de rua mais potente do mundo

  • Compartilhar
  • Compartilhar
  • Compartilhar

Quer receber notíticas em tempo real? Curta o Notícia Plus

A Lotus entrou com tudo na onda da eletrificação com o Evija, hiperesportivo elétrico que chega em 2020 como o carro de rua mais potente do mundo: são 2.000 cavalos de potência.

Sua produção será limitada a 130 unidades. O preço de cada uma? 1,7 milhão de libras (ou R$ 8 milhões em conversão direta).

O modelo é feito sobre um chassi monocoque de fibra de carbono construído de forma idêntica a um carro da Fórmula 1, e tem peso total de 1.680 kg. As rodas são de 20 polegadas na dianteira e 21 na traseira.

O Evija também tem diversos recursos que contribuem para uma aerodinâmica "excepcional", segundo a Lotus, como a altura em relação ao solo de apenas 10,5 centímetros.

Na dianteira, as aberturas resfriam a bateria e o eixo dianteiro. Nas laterais, há uma grande cavidade para redirecionarem o ar. Na traseira, também há aberturas que otimizam o fluxo de ar.

Há ainda aerofólio ativo (que se ergue sozinho para manter o hipercarro ainda mais "grudado" ao chão) e retrovisores substituídos por câmeras, que ficam camufladas na carroceria.

Combinado com a estrutura tecnológica está a entrega de 2.000 cavalos de potência e 173 kgfm de torque. A força vem de uma bateria de íons de lítio de 2.000 kW, montada em posição central logo atrás dos bancos.

De acordo com a marca, o Evija vai de 0 a 100 km/h em menos de 3 segundos e pode ultrapassar os 320 km/h. Para ir de 0 a 300 km/h, ele precisa de aproximadamente 9 segundos.

Tudo isso, porém, é feito com um ruído virtual emitido por um alto-falante instalado na dianteira do modelo, já que elétricos não fazem barulho naturalmente.

Vida de elétrico

Não tem como falar de um veículo elétrico, mesmo que ele seja um Lotus Evija, sem falar de autonomia e recarga. De acordo com a marca, o modelo tem autonomia máxima de 434 km, segundo o ciclo europeu NEDC.

É possível realizar a recarga em uma potência de até 800 kW mas, no modo mais "tradicional", de 350 kW, é possível completar 80% da bateria em 12 minutos 100% em 18 minutos.

Por isso, além de ser o carro mais potente do mundo, o Evija também tem o sistema de recarga mais rápido do mundo.