Cultura

Irreverência do Pacotão levou críticas políticas e sátiras às ruas do DF no último dia de carnaval

  • Compartilhar
  • Compartilhar
  • Compartilhar

Á VENDA: Este portal de notícias pode ser seu. Entre em contato

O bloco Pacotão foi uma das principais atrações em Brasília neste último dia de carnaval.

 

O bloco, que desfila na cidade há 42 anos, é marcado pela irreverência, bom humor e sátira à política. E diverte o público com marchinhas que fazem críticas à política local e nacional.

 

Por esse motivo, é o favorito do casal Laura Dias e Nilton Soares.

 

E, é claro como acontece todos os anos, o presidente da República e  governador do DF são  alvos das brincadeiras e fantasias.

 

O presidente Jair Bolsonaro e o governador Ibaneis Rocha não ficaram de fora das brincadeiras por aqui.

 

E os foliões não perdoam, capricham nas fantasias e aproveitam para fazer protestos com críticas sociais e políticas.

 

O tema do pacotão deste ano é Contra o Fascismo na Contramão!

 

É o carnaval onde todas as gerações se encontram.

 

A família de Márcia Rodrigues foi fantasiada de Amor. Mãe, filha e neta estavam com suas saias vermelhas e corações espalhados pelo corpo. Folia aprovada pela Mariana Rodrigues de 9 anos e sua mãe, Ana Paula Rodrigues.

 

Destaque também neste último dia de carnaval em Brasília para o Bloco de rua, Calango Careta, que tem a tradição de divulgar o trajeto apenas um dia antes do desfile.

 

O Setor Carnavalesco Sul voltou a reunir uma multidão ao longo do dia,  onde vários blocos se concentraram como o Saia Jeans, o Santo Pecado, e o Batida do Morro.

 

Na Praça dos Prazeres, na 201 norte, teve animação do Bloco da Ursal, Saci Weré, Muntchako e Sky Niemeyer.

 

A festa também chegou nas regiões administrativas do DF. Em Taguatinga o destaque foi o Asé Dúdu, no estacionamento em frente ao Centro Cultural do Taguaparque.