É #FAKE que abrir perfume com ar-condicionado ligado provoca incêndio dentro de carro
Fato ou Fake

É #FAKE que abrir perfume com ar-condicionado ligado provoca incêndio dentro de carro

  • Compartilhar
  • Compartilhar
  • Compartilhar

Quer receber notíticas em tempo real? Curta o Notícia Plus

Circula pelas redes sociais um vídeo que mostra jovens dentro de um carro e uma súbita explosão. A legenda que acompanha o vídeo diz: "Quando o ar-condicionado está ligado em seu carro não abra nenhum frasco de perfume. Pode causar incêndio. Por favor circule para seus amigos e parentes." O vídeo é verdadeiro, mas a mensagem que o acompanha é #FAKE.

A explosão de fato aconteceu e o vídeo viral foi publicado no Youtube em 2015. Nas imagens é possível ver que o rapaz que está sentado no banco de trás do carro aciona um isqueiro, pouco antes de a explosão ocorrer. A separação do vídeo em várias fotos mostra em uma das cenas pouco antes da explosão um dos ocupantes com um pano na boca.

Usuários da internet dizem que os jovens estavam usando como droga o gás butano, que é altamente inflamável. Os homens que se queimaram negam que estivessem usando o gás. Eles dizem que a explosão ocorreu após o uso de Fidfad, um spray para roupas, pouco antes de o rapaz acender o isqueiro.

Na época, um dos ocupantes do carro relatou no Instagram: "Eu e meu irmão estamos bem graças a Deus, eu tenho 6% de queimaduras, o que aconteceu foi que estávamos nos divertindo no carro filmando um vídeo com as janelas fechadas e cheiramos algo engraçado, mas não sabíamos foi Fidfad (um spray de roupa) e não lhe demos muita atenção, então meu irmão usou o isqueiro que incendiou o gás, e eu estou feliz em dizer que estamos seguros e todos os rumores que saíram não são verdadeiros e tenha cuidado com vazamentos de gás em qualquer lugar."

A mensagem falsa que circula em português também tem uma versão idêntica em inglês.

E já foi alvo de checagens como essa do hindustantimes.

O capitão Marcos Palumbo, do Corpo de Bombeiros de São Paulo, assistiu ao vídeo e diz que a explosão foi causada por atmosfera explosiva combinada com alguma fonte de calor. "Algo na mão do passageiro se queimou. Já tinha visto essa imagem, mas não há possibilidade de o ar-condicionado do carro com perfume acontecer isso daí."

Especialista em ar-condicionado há 27 anos, Jacy Ferreira dos Santos diz que a ideia propagada pela mensagem falsa, de que ar-condicionado e perfume podem provocar explosão, não tem nenhum sentido. "Isso não tem nada a ver. Tanto que o pessoal higieniza o carro com o ar-condicionado ligado. Não tem risco nenhum", afirmou.

Vídeo: Veja como identificar uma mensagem falsa