Carol Castro fala sobre personagem se envolver com homem casado em 'Órfãos da Terra'
Órfãos da Terra

Carol Castro fala sobre personagem se envolver com homem casado em 'Órfãos da Terra'

  • Compartilhar
  • Compartilhar
  • Compartilhar

Quer receber notíticas em tempo real? Curta o Notícia Plus

Helena, personagem de Carol Castro, está disposta a tudo para ficar com sua nova paixão, Elias, interpretado por Marco Ricca, em Órfãos da Terra. Passado o luto pela perda do ex-marido em um bombardeio na Síria, a psicóloga decidiu que é hora de embarcar em um relacionamento com o engenheiro haja o que houver, falem bem ou mal.

+Carol Castro se declara à filha em especial de Dia das Mães: 'Transbordo de amor e de orgulho'

Diante dessa atitude da personagem de enfrentar "o mundo" por amor a um homem casado - com Missade (Ana Cecília Costa) - não resta a Carol outra alternativa que não estar pronta para os possíveis olhares tortos e julgamentos do público.

"Estou preparada para ser xingada nas ruas, para criarem ranço da minha personagem, mas são coisas que acontecem na vida. Ela é uma mulher bem-resolvida, que acabou de passar por um luto e que não quer perder a chance de ser feliz de novo."

"Se está vendo que a outra pessoa não está bem no casamento, vai lutar por isso até onde achar possível. É uma personagem bem desafiadora, tem esse lado delicado", avalia a atriz.

Ciente de que alguns ainda torcem o nariz para relacionamentos extraconjugais, dentro e fora de cena, Carol tende a não julgar os sentimentos e a postura da personagem:

"Eu não posso julgar, tenho que entender e defender o lado dela. Helena se vê envolvida por um homem casado, sem querer que isso aconteça, mas sem conseguir mandar no coração. É uma mulher que acabou de perder o maior amor dela, percebeu que a vida é um sopro e que não pode deixar para depois, porque pode não existir o depois."

"Então vê no Elias, além de um homem interessante, que ele não está feliz no casamento. Aí vai pintar a brecha para que aconteça alguma coisa entre os dois."

A artista, de 35 anos, encara Helena como um desafio duplo. Mais do que os dilemas da personagem, ela lembra que, quando começaram os preparativos para Órfãos da Terra, ainda estava gravando O Tempo Não Para:

"Eu ainda estava gravando a outra novela, enquanto o elenco já se preparava para essa. É uma personagem que está chegando agora, que não pertence aquele mundo. Tudo pode acontecer."

Solteira na vida real - ela se separou do maestro e violinista Felipe Prazeres, pai de sua filha, Nina, de 1 ano - Carol deixa claro que não está à procura de uma grande paixão e que, embora lide bem com a solteirice, prefere se envolver em relações mais sólidas:

"Para mim, quantidade não é qualidade. Não consigo ficar por ficar, não é da minha natureza. Sempre fui muito intensa. Quase todos os namorados que eu tive eu morei junto. Já me casei duas vezes. Deixo a vida me surpreender nesse sentido. Não estou pensando nisso agora. Estou bem sozinha, mas também não estou fechada. Sempre fui romântica e gosto de ser assim, me faz bem."

Nova dobradinha com Marco Ricca

Antes de contracenar com Ricca em Órfãos da Terra, Carol atuou com o colega no spin-off A Lenda do Mão de Luva, que foi ao ar pelo Globoplay e Gshow.

"Tem sido muito legal repetir essa parceria. No spin-off, era como se minha personagem fosse a versão feminina do Mão de Luva. Passei uma semana gravando com o Marco, a gente se divertiu muito nas cenas de humor e ação. Ele é um parceiro de cena maravilhoso. Agora, na novela, vamos ver onde essa história deles vai dar", diz Carol, deixando um mistério no ar.