Flamengo, Fluminense, Campeonato Carioca
© Mailson Santana/Fluminense FC/Direitos Reservados
Esportes

Carioca: Cano marca dois e Fluminense supera Flamengo no Maracanã

Tricolor e Rubro-Negro decidem o título no próximo sábado (2)


Publicado em 31 de Março de 2022 às 00:20 Por Agência Brasil - Rio de Janeiro (Ver Fonte)

Com uma grande atuação do atacante argentino Germán Cano, o Fluminense derrotou o Flamengo por 2 a 0 na noite desta quarta-feira (30) no estádio do Maracanã e ficou muito perto do título do Campeonato Carioca.

Agora, o Tricolor das Laranjeiras e o Rubro-Negro decidem o título do Campeonato Carioca no próximo sábado (2), quando medem forças no estádio do Maracanã a partir das 18h (horário de Brasília). Nesta partida o Fluminense pode perder até por um gol de diferença que fica com o título, já o Flamengo tem que vencer por três gols de diferença para ficar com o caneco nos 90 minutos, ou, ao menos, triunfar por dois gols de vantagem para ir para a disputa de pênaltis.

Os 52.821 torcedores presentes no estádio do Maracanã acompanharam um clássico quente. Desde o primeiro minuto a equipe comandada pelo técnico português Paulo Sousa assumiu o comando das ações, adiantando as suas linhas e rondando a área do time de Abel Braga, que se segurava na defesa em busca de oportunidades para tentar contra-ataques.

Com este panorama a primeira finalização da partida surgiu apenas aos 26 minutos, em cabeçada para fora do zagueiro Fabrício Bruno após cobrança de escanteio. Três minutos depois o Rubro-Negro teve outra boa oportunidade, desta vez em cobrança de falta perigosa de David Luiz.

Porém, a melhor oportunidade do Flamengo na etapa inicial veio aos 32 minutos, quando David Luiz subiu muito para cabecear com perigo após cobrança de escanteio. Mas o goleiro Fábio defendeu com segurança.

Já o Fluminense teve apenas uma oportunidade, aos 45 minutos. E nela a equipe das Laranjeiras chegou a abrir o placar com o atacante Willian Bigode. Porém, o lance foi anulado em impedimento muito mal marcado pela arbitragem.

No segundo tempo o time das Laranjeiras começou adiantando um pouco as linhas e passando a criar um pouco mais. Porém, o técnico Paulo Sousa fez uma substituição que mudou a dinâmica da partida, a entrada do uruguaio Arrascaeta.

E o camisa 10 da seleção do Uruguai deu mostra da sua qualidade logo aos 12 minutos, quando recebeu de Bruno Henrique e cruzou para a área. O zagueiro David Braz afastou parcialmente e o atacante Pedro chutou com violência de dentro da área para grande defesa de Fábio.

Aos 20 minutos o Fluminense respondeu com o argentino Germán Cano, que deu um chute do meio do campo em direção ao gol Rubro-Negro, mas Hugo conseguiu a defesa.

O Flamengo voltou a chegar com perigo aos 27 minutos, em lance no qual Arrascaeta levantou a bola na área em cobrança de falta, Bruno Henrique desviou para o meio da área, mas a defesa tricolor afastou. Um minuto depois o Tricolor respondeu em contra-ataque, no qual Cano tocou para Arias, que havia acabado de entrar, mas o colombiano foi desarmado por Fabrício Bruno.

O jogo ganhou em emoção, e o Rubro-Negro voltou a chegar com perigo aos 30. Martinelli errou na saída de bola e o Flamengo puxou contra-ataque que culminou em finalização de Arrascaeta. Mas Fábio defendeu.

Quando parecia que o time da Gávea se aproximava mais do primeiro gol foi o Fluminense que abriu o placar. Aos 37 minutos o zagueiro Léo Pereira, que havia acabado de entrar, se enrolou todo e perdeu a bola para Arias, que acionou Cano. O argentino se livrou de Filipe Luís e chutou cruzado por baixo de Hugo.

A partir daí o Flamengo se perdeu na partida e permitiu que a equipe comandada por Abel Braga chegasse ao segundo dois minutos depois. Calegari puxou contra-ataque pela direita desde o meio de campo e cruzou para Cano escorar e dar números finais ao placar.

Edição: Fábio Lisboa