Árbitro de Brasil x Argentina nega falha no VAR e diz que não houve pênalti em lances polêmicos
futebol internacional

Árbitro de Brasil x Argentina nega falha no VAR e diz que não houve pênalti em lances polêmicos

  • Compartilhar
  • Compartilhar
  • Compartilhar

Quer receber notíticas em tempo real? Curta o Notícia Plus

Após ser duramente criticado por Messi e a imprensa argentina, o árbitro equatoriano Roddy Zambrano se tornou um dos principais personagens da Copa América. E, uma semana depois da semifinal entre Brasil e Argentina, decidiu se manifestar. Em entrevista à rádio "Super K 800", de seu país, o árbitro garantiu que não houve falha no VAR ou na comunicação entre juízes. E manteve a opinião de que não houve pênalti em lances polêmicos (veja nos vídeos abaixo).

Logo após a partida, a imprensa argentina criticou o fato de o juiz não ter revisado supostos pênaltis em Agüero - em lance que gerou o segundo gol do Brasil - e Otamendi, após choque com Arthur. Zambrano, entretanto, deu a sua versão, alegando que não considerou os lances faltosos, a começar pela jogada em que o atacante do Manchester City caiu na área.

- Nesta jogada, por que não mostram a imagem atrás do gol? Agüero faz uma falta temerária. Desta jogada nasceu um contra-ataque, e o Brasil marcou. Eu avaliei isso e mandei jogar - disse Zambrano.

O equatoriano também falou do lance que gerou mais reclamação por parte dos argentinos, quando Otamendi pediu pênalti após cobrança de escanteio, na reta final da partida.

- Em um escanteio é muito complicado ver 18 jogadores na área, que se provocam, empurram. Eu vi quando o jogador estava caído, não a infração. O VAR revisou e disse que era uma jogada cinzenta. Otamendi também buscou se chocar, e o defensor fez o seu. Mas quem propõe e busca é Otamendi - opinou.

Roddy Zambrano garantiu que "nunca perdeu a comunicação" como os outros árbitros, afirmando que tudo o que foi falado está gravado, e que o árbitro assistente de vídeo não aconselhou uma revisão à beira do gramado. Ao falar das críticas de Messi, que polemizou ao dizer que o VAR não foi acionado no confronto contra os brasileiros, o equatoriano mostrou-se respeitoso.

- Messi é um jogador que se dedica a jogar, nunca tive problemas com ele. A verdade é que me surpreenderam as declarações dele depois do jogo, mas é bom que cada um tenha sua opinião. Tudo terminou bem. O Brasil foi superior em toda a Copa. Sabíamos que o perdedor ia buscar algum culpado neste jogo, e neste caso foi o árbitro.