Saúde

Anvisa muda regras para medicamentos controlados durante pandemia do coronavírus

  • Compartilhar
  • Compartilhar
  • Compartilhar

Á VENDA: Este portal de notícias pode ser seu. Entre em contato

Temporariamente, durante a pandemia do Coronavírus no Brasil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, Anvisa, vai permitir um aumento da quantidade de medicamentos controlados vendidos com receita médica.


Com a regra, para as receitas já emitidas e que ainda não foram recebidas pelas farmácias, fica permitida a aquisição dos medicamentos ampliado para no máximo 30 dias de tratamento.


O objetivo da Agência é diminuir a presença de pacientes em postos de saúde e farmácias; facilitando as condições de isolamento durante a crise do coronavírus.


A lista com as novas regras inclui antidepressivos, antipsicóticos, anticonvulsivantes, anfetaminas e ansiolíticos.


Também será permitido a entrega de medicamentos controlados no domicílio dos pacientes com a retenção de receita. Mas não é permitida a venda desses produtos pela internet.


As regras estão em vigência por seis meses, podendo ser prorrogado enquanto o Ministério da Saúde reconhecer o estado de emergência relacionado ao coronavírus.